Com as eleições à porta…

Resultado de imagen de fotos de Portugal

La vem a romaria de discursos,as visitas às feiras,,, e as famosas almoçaradas, não esquecendo os discursos habituais de descrição de uns e de outros como se de inimigos públicos se tratá-se. Veremos se desta vez algum partido será criativo na sua abordagem, pois vivemos tempos de inovação e empreendedorismo com flagrante exemplo na greve dos enfermeiros a qual levantou fundos (pela primeira vez em Portugal) através de uma plataforma digital .Veremos também como definirão a luta partidária com alvos já pelo nosso P.M.definidos, que anunciados em prime time estabeleceram assim o “Ponto de Partida” enumerando  o populismo o nacionalismo e  valores tradicionais como coisas a combater … por populismos se tratarem. Tambem o saudoso Salazar e sua sombra que ainda a tantos incomoda… junto coma mençao da extrema direita como perigos.

Resultado de imagen de fotos de Portugal

Pergunto !!Nacionalismo? Patriotismo? Não será contra natura rejeitar a defesa e o gosto por aquilo que é “nosso”? Defendemos os queijos regionais o cante alentejano e outros mais,  mas… estranho parece que nossos políticos ofendem-se quando alguem se levanta defendendo” padrões de família fora de moda” como a diferença entre sexos que ja nao existe, pois no ensino, na política e nas leis impera a Nova Ordem em que a diferença de géneros é combatida com armas  da fala e da arte de iludir as multidões, leva cegos tantos à mortandade da família e moralidade judaico-cristã que tantos ainda seguem a passos curtos claro, pois embriagados por tanta informação e contra informação, não admira que vão cada vez mais enfraquecendo estes hoje chamados Populismos. Pois pois “vem lá o papão votem em mim… “Por inovações e novidades já agora vemos mais uma… os políticos que antes iam de facto à praia ver” os cágados vão agora por causa do novo acordo ortografico ver” de fato ver os cagados, nós povo que os viamos “de facto a ver os cágados” os vemos cada ves mais “de fato a ver os cagados ” das ruas e bairros de Portugal isto claro não pelo perigoso populismo mas por… só Deus sabe. Lembrar-me faz que  já o meu bisavô vendia no mercado o peixe sem preço à vista e quando meu pai lhe perguntou logo disse:.. O preço? É conforme parvos acho…

Costa Moreno

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s