Entrevista de Costa Moreno a Greg Frey Obrirg.- Bolsonaro pelos valores religiosos e morais

Resultado de imagen de Greg Grey Bolsonaro pelos valores religiosos e morais?


Quem é o comissário especial e criminólogo Georg Frey?

R- Eu sou a prova viva de que Darwinestava certo (Charles Darwin, naturalista britânico que propôs a teoria da evolução). Quando criança, eu era magro, pequeno e o alvo favorito dos grandalhões violentos na escola e no bairro. Tive que aprender, rapidamente, a entender o comportamento humano e de onde vinham às ameaças, se quisesse sobreviver. Como criminólogo, escritor, fundador da U.A.C.H = Unidade de Análise do Comportamento Humano e Comissário Especial da Polícia, com, mais de 30 anos de experiência na análise do comportamento humano. Ao longo de minha carreira, venho auxiliando, pessoas e empresas, em consultorias, treinamentos, cursos e workshops, no Brasil e exterior, sobre o que leva as pessoas ao comportamento desviante.

Como cidadão brasileiro como vê hoje o Brasil pós Bolsonaro?

R- Com otimismo e fé! Se nessas últimas eleições o PT voltasse ao poder, milhares de brasileiros, honestos, iriam embora do país. Eu já estava fazendo planos de sair do Brasil (a dúvida estava entre morar em Portugal ou na Itália). Agora, com a vitória do presidente Bolsonaro, o resgate de valores básicos como: respeito às leis, as tradições, os bons costumes e valores familiares, acredito que teremos a volta de cem a cento e cinqüenta mil brasileiros que abandonaram o Brasil, nos últimos dezesseis anos, por causa dos desastres que foram os governos do PT.

E como policial, criminólogo, qual é análise que faz ao Brasil antes de Bolsonaro e ao Brasil pós Bolsonaro?

R- Desde 1998, já durante o governo de Fernando Henrique Cardoso (jamais esqueceremos que ele foi e é um ardoroso defensor de Lula), era notório que a vontade do povo brasileiro estava sendo ignorada e uma agenda maligna estava funcionando freneticamente. Te direi o que aconteceu: boa parte da classe artística, acadêmica e jornalística padecem de honestidade intelectual (por vezes de qualquer honestidade), pois moldam a verdade através do seu viés político. Te darei exemplos: eles pegam o conceito de Modernidade Líquida de Bauman (Zygmunt Bauman, sociólogo polonês), misturam com a Teoria do Bom Selvagem de Rousseau (Jean-Jacques Rousseau, filósofo suíço). Não satisfeitos derramam fartas doses de Gramsci (Antonio Gramsci filósofo marxista italiano), mexem bem e servem, esse veneno, em fartas doses, nas artes (cinema, teatro, música…), nas salas de aula e nos noticiários e periódicos. Outra coisa: ter Paulo Freire (pedagogo marxista), uma figura abjeta e obtusa, como patrono da educação brasileira? É uma péssima piada! Isso acontece em escala global, mas vou ficar no exemplo, prático, do Brasil. Por três décadas eles massificaram esse discurso e essas ações, usando-os para relativizar tudo (a moral e os bons costumes), e sabemos que existe o certo e o errado, os direitos e os deveres. O resultado: famílias desestruturadas, o criminoso sendo glorificado e as forças policiais demonizadas, as religiões milenares (Judaísmo e Catolicismo) sendo ridicularizadas. Já estamos na segunda geração de pessoas sem resiliência, sensíveis demais, frágeis demais. Veja a ironia, eu tenho amigos gays que não suportam as fraquezas e inseguranças dos homens héteros. Eles dizem que são homens com “h” minúsculo, sem testosterona, sem pulso forte. Mas ainda há esperança: existem vozes sensatas destoantes dessa ditadura do politicamente correto, como o Filósofo Olavo de Carvalho, Jordan Peterson (Psicólogo e pensador canadense), João Pereira Coutinho (cronista, e escritor português) e muitos outros que estão conseguindo ter o seu espaço, por causa das mídias socais.

Presidente Lula, o PT esquerda brasileira comportou se como o bando de criminosos?

R- A primeira vez que tive contato com o PT (Partido dos Trabalhadores), foi em 1982, e após vinte minutos de reunião senti que havia algo de podre no discurso, nas idéias e nas pessoas (eles não gostam de tomar banho, fedem muito!). O problema é que os influenciadores (classe artística, pseudo-intelectuais, jornalistas e a academia), sempre tiveram um fetiche pela esquerda. Eu estudo o comportamento humano desviante e posso te garantir que isso é uma patologia. Quando Lula e a sua quadrilha chegaram ao poder, em 2002, foi uma tragédia anunciada, mas os seus cúmplices (Classe artística, pseudo-intelectuais, jornalistas e a academia), não só aplaudiram a dilapidação do Brasil, como sufocaram as vozes destoantes. A negação da existência do Foro de São Paulo (Organização criminosa criada em 1990 e mantida por ditadores e narcotraficantes), por 90% da imprensa brasileira é só mais um triste exemplo da cumplicidade entre criminosos. Tenho um episódio, emblemático, para ilustrar o que estou dizendo. Certa vez eu estava voando para Lisboa em um vôo da TAP e conversando com a tripulação, fui perguntado sobre como estava o Brasil. Quase fui jogado para fora do avião por ter falado que Lula era um bandido (ele ainda estava na presidência).

Entende que Bolsonaro vai recuperar a economia e o mercado financeiro Brasileiro?

R- Os investidores (nacionais e internacionais) querem apenas: segurança jurídica e regras claras na economia. O Brasil, agora, fará negócios internacionais, sem o viés político.

Como estão os investidores a reagir na bolsa de valores de São Paulo?

R- A Bolsa está subindo, batendo recordes atrás de recordes, o dólar está caindo e o Real se valorizando, investidores nacionais e internacionais já estão acenando com bilhões de dólares para alavancar a economia brasileira. Bons tempos estão chegando. 7) Bolsonaro é o homem cristão católico casado com uma senhora cristã evangélica, crê que as muitas comunidades e grupos cristãos votaram em Bolsonaro pelos valores religiosos e morais? R- Sim, pois acredito que levantar as bandeiras em defesa da família, respeito à propriedade privada, patriotismo e princípios morais, era algo que o povo brasileiro desejava desde sempre. Esse relativismo moral e a ditadura do politicamente correto são bandeiras perversas, artificiais e impostas por grupos escusos.

Georg Frey como judeu nascido no Brasil tem medo dos valores que Bolsonaro defende e valoriza?

R- Nosso presidente Bolsonaro, defende os valores Judaico-cristãos. Eu jamais teria medo, foram eles os pilares da civilização ocidental. Minha família é de Judeus/alemães. Perdemos tudo no Holocausto. Não entendo como o Nazismo/Comunismo ainda são tolerados e festejados por essa esquerda delirante. Minha família, assim como muitas outras, teve a sua cidadania roubada pelo governo alemão. Ainda hoje não conseguir reaver a cidadania alemã (será que ainda existem nazistas no governo alemão ainda perseguindo judeus?).

Como reagiram as diferentes comunidades judias a vitória de Bolsonaro?

R- Dentro da comunidade judaica, brincamos ao dizer que em uma conversa, entre dois judeus, é possível que eles cheguem a ter três opiniões diferentes. Te garanto que a presença de Bibi (Benjamin Netanyahu, primeiro ministro de Israel) na posse do presidente Bolsonaro é um sinal claro de que, agora o Brasil vai deixar no lixo da história, as alianças com ditaduras e nações que financiam o terror. Os judeus, no Brasil, estão otimistas e esperançosos.

Na Europa muitos comentadores políticos dizem que o Brasil corre o risco de voltar a o regime de “ditadura”, crê ser possível?

R- Sim, claro! O PT sempre pode voltar ao poder e transformar o Brasil em uma Cuba, Venezuela… Ditadura com Bolsonaro? Não creio, aposto a minha vida que teremos um governo democrático, próspero e de resgate da alegria do povo brasileiro. Essas “Fake News” são mais uma maldade dos esquerdopatas.

Por Costa Moreno

Porto,Portugal

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s